“Acabou… não foi nada muito espetacular, não teve fogos de artifícios, muito menos clima de velório. Mas, algumas lágrimas insistiram em vir, porque até mesmo pequenos espetáculos merecem platéia.”
Guilherme. (via inverbos)

“Alguns amores foram feitos para existir, e não para acontecer.”
A Escritora de Bar.   (via inverbos)

“Um dia desses, eu separo um tempinho e ponho em dia todos os choros que não tenho tido tempo de chorar.”
Carlos Drummond. (via inverbos)

“As vezes o único jeito de seguir em frente é mudando de direção.”
South Park.  (via odeiorotulos)

“A vida maltrata quem sente demais.”
Clarissa Corrêa.  (via palavrasdeumser)

“A gente vai empurrando e deixando e remendando e engolindo e fingindo. Chega uma hora em que arrebenta a ferida: estoura, explode, sai pus, nojeiras e afins. É nesse momento que, ao invés de Band-Aid, pomada e beijinho, a gente precisa espremer mais um pouco e, quem sabe, enfiar o dedo fundo, forte, pesado e sentir a dor percorrer cada centímetro do corpo. É só após esse processo que tudo cicatriza – e a gente descobre até onde vai a própria força. E se supera.”
Clarissa Corrêa.  (via inverbos)

“E assim como a primavera, eu me deixei cortar para vir mais forte.”
Clarice Lispector.  (via fraquejastes)

Felicidade boa é aquela que não cabe no sorriso. 👌


“Confesso que foi bom, me fez feliz, me fez sorrir, mas acabou. O prazo de validade venceu, a bondade acabou e a idiotice desapareceu. Quem ontem esperava um pedido de desculpas, hoje espera nem ver seu rosto. Foi bom, mas passou, acabou, e às vezes assim que deve ser.”
Desconhecido.  (via relevou)

Sabe aquelas histórias intermináveis e mal resolvidas que a gente nunca sabe se o final vai ser ou não feliz, ou sabe-se lá se terá final? Então, somos nós.”
Thiara Macedo (sdpm)

THEME